Programa Mais Leite incentiva

Assim como o Quintal Mais Produtivo, o Programa Viver Melhor do Campo desenvolve o projeto do Mais Leite que propõe que produtores rurais do município desenvolvam uma criação de vacas leiteiras. O programa propõe ajudar os criadores de gado a aproveitar melhor e de forma mais sustentável a sua terra e aumentar a produção de leite com qualidade. Hoje o programa tem 115 produtores cadastrados, mas somente 15 estão sendo executados.

O secretário de Agricultura e Desenvolvimento Rural, João Barbosa de Oliveira, conta que a antes os produtores usavam uma vaca para cada hectare, hoje estão fazendo ao contrário. “Nos auxiliamos o produtor com veterinários e  zootecnistas, que para ele consiga fazer com que sua área de criação seja produtiva, porque hoje com essa assistência dá para criar 10 vacas por hectare”, pontuou João.

A secretaria instruí os produtores com técnica de manejo nutricional, para que o gado cresça forte e saudável, ajuda na ampliação da produção, busca especializar os produtores a fim de que o mesmo possam cuidar melhor do gado, entre outros cuidados para ter uma produção leiteira. “Com esse programa queremos fortalecer a cadeia produtiva do leite, em Correntina não tem a tradição de fazer uma produção de leite em grande escala, nos queremos mudar isso com pequeno produtor”, explicou o secretário.

Com esse novo sistema de produção que está sendo implantado, os produtores poderão expandir a produção de leite e sua margem de lucro. Uma das técnicas que o programa visa implantar é a utilização de resfriamento a granel para que o leite dure mais e ainda ajudar esses produtores a comercialização do leite “in natura”, dentro da legislação vigente.

O engenheiro Agrônomo da Secretaria Municipal de Agricultura, Joaquim Rosi, conta que o critério principal para fazer parte do Programa mais Leite são produtores que já se dedicam a atividade leiteira. “São produtores que já aptidão para produção de leite”, e ainda complementou, “não estamos trazendo nada de novo pra eles, o que estamos fazendo é pegar esses produtores que já se dedicam a atividade e profissionalizando”.

Texto e fotos: Ascom da Prefeitura de Correntina – BA
E-mail: ascom@correntina.ba.gov.br